quinta-feira, 26 de abril de 2012

Também queremos o reajuste de 22,22%, diz Sinte

 

Dê sua nota:
(26/04/2012, às 10:37:26)
Por Emanuela Pinto
Na manhã desta quinta-feira (26), os professores da rede estadual de ensino se reuniram em assembléia geral ao lado do Palácio de Karnak, centro de Teresina. A categoria, que está em greve desde o dia 27 de fevereiro, reivindica o reajuste no piso salarial de 22% para todas as classes.
A decisão de ser reunirem na manhã de hoje se deu após o anúncio de prefeito Elmano Férrer de que vai conceder um reajuste linear para todos os professores do município.
Para o Sindicato dos trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (SINTE-PI), se a prefeitura de Teresina tem condições de pagar o piso nacional, aprovado em janeiro, o governo do estado também tem.
“O município, que é menor, tem menos condições, depois da pressão dos professores, está concedendo o piso nacional que é direito da categoria, o governo também deve seguir a mesma linha e não nos obrigar a aceitar um reajuste miserável de 8%. Por isso vamos continuar na luta. O estado está nadando em dinheiro, com o empréstimo concedido pelo Banco Mundial e com os recursos do Fundeb que já foram enviados. Não acreditamos quando o governador fala que o estado está sem condições. Isso não nos convence mais” afirmou Antônia Ribeiro, membro da diretoria do Sinte.
O Sinte declarou ainda que a informação de que o prefeito concedeu o reajuste para os professores do município serviu como “combustível” para o movimento dos professores do estado.
“Vamos continuar com nossas atividades paralisadas enquanto as nossas reivindicações não foram atendidas. Não podemos retornar as aulas na situação que está, de completo descaso do governo do estado. Vamos nos comunicar com a sociedade, pedir apoio a nossa luta” declarou a presidente do Sinte, Odeni Silva.
Na assembléia também ficou decidido à continuidade da greve e do acampamento armado ao lado da sede do governo do estado. Uma nova assembléia está marcada para acontecer na próxima quinta-feira (03/05).


Postar um comentário